n w   

baner
União por Moradia Popular da Paraí­ba PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Data da organização da UMP-PB no Estado: 2004
Ação: Ocupação do Prédio do INSS em João Pessoa-PB
UNMP conquista moradias indígenas

Histórico

A União por Moradia Popular da Paraíba, foi formada a cerca de um ano após uma ocupação que realizamos no prédio do INSS no centro da capital Paraibana João Pessoa. Na época atuávamos como movimento dos sem-teto, pois não conhecí­amos um movimento de âmbito nacional.

Logo após, há cerca de um ano depois desta ocupação, passamos a conhecer a União Nacional por Moradia Popular, onde participamos pela primeira vez de um encontro nacional no estado do Rio de Janeiro. Desta data até os dias atuais, passamos a organizar o movimento a partir de reuniões nos bairros, onde temáticas como: Mobilidade Urbana em conjunto com a luta por melhorias nos Transportes Públicos estão sendo a tônica, Moradia e Regularização Fundiária também estão presentes, Plano Diretor Participativo, Conselho e Fundo municipal e estadual de habitação popular de interesse social, Outorga Onerosa principalmente na Cidade de João Pessoa, onde se travou uma luta imensa com o setor da construção civil na Câmara de vereadores, onde foi aprovada sua cobrança, participação nas conferências estadual e municipais.

Em 2007 organizamos a União no interior do Estado na cidade de Alagoa Grande, onde registra-se um alto í­ndice de sem-teto, acha visto que nesta cidade estourou a barragem de armazenamento de água chamada Câmara, inundando toda cidade e resultando na morte de 20 pessoas no ano de 2005. Estamos presentes atualmente, em ocupações na cidade de Bayeux, uma delas cadastramos cerca de 63 famí­lias junto a CEHAP companhia estadual de habitação popular da Paraí­ba, na outra estamos negociando com a prefeitura da cidade, no centro da cidade João Pessoa ocupamos o antigo prédio Duarte da Silveira com aproximadamente 70 famí­lias.
Outro tema importante que também aprofundamos, foi o relacionado à questão da Reforma Urbana, pois passamos a dialogar com a sociedade com uma linguagem mais popular, ou seja palavras como Outorga Onerosa, Regularização Fundiária, Usucapião e outras, começamos a adotar termos mais simples e consequentemente mais fáceis de entendimento por parte das comunidades de baixa renda e assim facilitando e concorrendo para que seus residentes fossem chamados para luta baseado na cidade que temos e a cidade que queremos.

Ainda mobilizamos lideranças para participar das Conferências das Cidades, espaço este de importante valor para o movimento de moradia pois deixamos o caráter reivindicador de lado a passamos a ser protagonistas da política Pública de reforma Urbana propondo as ações de governo de forma participativa.



19 de Abril de 2012, dia do índio, a UNMP da Paraíba celebrou a conquista das primeiras moradias indígenas com as famílias da nação potiguara, na Baía da Traição-PB. A UNMP, Caixa Econômica Federal,  em parceria com o Governo do Estado, entregou as primeiras casas do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR). Serão entregues 50 habitações rurais nas aldeias num investimento de R$ 1,2 milhão.O ato contou com a presença do governador Ricardo Coutinho e o Superintendente Regional da Caixa, Elan Miranda,  que fizeram a entrega das chaves aos primeiros índios beneficiados e garantiu agilidade da instituição para a conclusão, ainda este ano, de 50 habitações rurais para o povo indígena.
A cultura tradicional indígena aliada à organização e àautogestão estão garantindo moradia digna e qualidade de vida aos indígenas. Essa é só a primeira de muitas conquistas que virão.
Parabéns à companheirada da União Potiguar. Viva os verdadeiros herdeiros desta terra Brasil!

Assim sendo, este pequeno preâmbulo resgata a recente História do nosso movimento União no Estado da Paraí­ba. Na tentativa de garantirmos por parte dos entes federados o direito que nos é consagrado na constituição brasileira, que é ter uma Moradia digna.

Instâncias da entidade

Reuniões da coordenação mensalmente, plenárias estaduais e municipais participam os residentes de ocupações, lideranças de bairros das associações de moradores. O objetivo é o de unificar e multiplicar as lutas que estão em curso.

Coordenação Estadual de 2012

Primeiro Coordenador estadual - Alberto Freire da Silva
Segundo Coordenador estadual – Josegreyce de albuquerque luiz
Primeiro secretário – lucio ricardo amorim silva
Segundo secretário – joelma bebezerra do nascimento
Primeiro tesoureiro – tiago garcia araujo da silva
Segundo tesoureiro – ebenezer inocêncio andrade
Coordenador de articulação política - Ebenezer Inocencio Andrade
Coordenadora de mulheres - Joelma Bezerra do Nascimento
Primeiro conselheiro fiscal – maria jose marcolino da silva
Segundo conselheiro fiscal - Eilane Félix da Silva
Terceiro conselheiro fiscal – rejane felix da silva
Coordenador nacional titular – Josegreyce de Albuquerque Luiz
Coordenador nacional titular – Alberto Sreire da Silva

 
Viagra Product Information | 100 mg viagra | order discount viagra | viagra for sale | buy viagra online | viagra without prescription | Purchase viagra | try viagra for free | sex videos | viagra free pills |